Caça ao Tesouro
Voltar
Fazenda dos Macacos - Conselheiro Lafaiete/MG
  • Pousada:Fazenda dos Macacos - Conselheiro Lafaiete/MG
  • Desde:06/12/2008
  • Tema:Turismo Rural
  • Dificuldade:Dificuldade
  • Pontuação Máxima:1000
  • Tipo:Bússola
  • Equipamentos:Tênis caminhada, bússola ou GPS

História da Aventura

Macacos e Dragões

Dr. Emílio Ribeiro é um caçador de tesouros um pouco diferente. Descobriu que podia falar com os mortos e resolveu ganhar algum dinheiro com isso. Visitando diversos locais históricos e conseguindo se comunicar com pessoas que há muito haviam morrido, mas que deixaram assuntos pendentes. Tesouros são os preferidos do Dr. Ribeiro que reune o maior número de pistas e, em seguida, com a ajuda de voluntários, tenta encontrar o tesouro desaparecido.

Um dos melhores lugares para se caçar tesouros é à margem da Estrada Real. Afinal de contas um lugar que durante tanto tempo serviu de rota de transporte para toneladas e mais toneladas de ouro guarda muito segredos.

A Estrada Real era a rota que ligava a Capital do Império a Vila Rica, atual Ouro Preto, e foi imprescindível para o desenvolvimento dessa região. Essa estrada, durante mais de 150 anos, foi uma das mais importantes do país.

Naquela época a Coroa Portuguesa se ligou de que era necessário patrulhar a região senão esse ouro jamais chegaria até a Casa de Fundição. Criou-se então uma espécie de polícia que cuidava da fiscalização do ouro que circulava por aqui. Essa polícia era conhecida como os Dragões das Minas.

Eles tiveram um papel fundamental na proteção das riquezas das Minas Gerais. Dos Dragões fez parte uma das mais importantes figuras da nossa história.....

Venha nos visitar e conheça mais esta aventura!

Fazenda dos Macacos

Fazenda dos Macacos

A Fazenda dos Macacos situa-se dentro dos limites de Conselheiro Lafaiete (antiga Queluz de Minas), esta distante 4km da estação Buarque de Macedo e 12km de Conselheiro Lafaiete. De acordo com J.Rodrigues de Almeida, em meados do século XXVIII, na disposição de permanecer em Minas Gerais, confiante que a lavoura representava na rica região, Jose Costa de Oliveira (avô do futuro Barão de Pouso Alegre), adquire vens de raiz como Capitão Felisberto da Costa Pereira, dentre seus nove filhos herdou a Fazenda dos Macacos, e de sua união com Clara Freitas de Azevedo, tiveram dois filhos.

O tombamento da Fazenda dos Macacos deu-se em 1977, pois além de ser uma fazenda centenária contendo uma vasta e riquíssima história, a família que ali viveu, foi de grande influência política na região, além de Lafayette R.Pereira, de grande importância para o Brasil Império.

Quando D.Pedro II, esteve em Queluz, para inaugurar a estação Buarque de Macedo, parou na Fazenda dos Macacos para descansar e ali provou as sabororíssimas jabuticabas do pomar, ainda hoje existentes. Em seu diário o Imperador relata “Descansei um pouco conversando com a família de Washington, filho do Coronel Pereira. Conversei com a mulher de Washington Pereira, filha do Luiz Antônio Barbosa...”. Na época, Lafayette era Ministro da Justiça e por esse motivo não pode estar em Queluz na datada vinda do Imperador D.Pedro que com certeza “se encantou com a grande mesa de jantar, com a toalha de linho puro coberta de doces e queijos, feitos na fazenda”, como nos aponta D.Maria Lafayette de Andrada Ibrahim em seu livro “O que Mamãe me Contou”.

A origem da fazenda ainda é um mistério mas várias versões são apontadas como a real; uma justificativa para o nome seria a presença de muitos macacos atraídos pelas grande quantidade de árvores frutíferas existentes na fazenda (só de Jabuticaba são 215 pés e todos produzem).

Por toda a sua história, curiosidades, vultos importantes e também por sua beleza arquitetônica é que se faz merecer preservar tão importante fazenda colonial, característica do Brasil Império, período onde escravos e famílias aristocráticas tradicionalistas de Minas Gerais.

Estrutura

* Sala de convenções para 80 pessoas
* Almoço diariamente
* R$ balança (self-service)
* Comida mineira no fogão à lenha, churrasco e sobremesa
* Segundas e terças feiras à noite é fechado (somente com reservas)
* Quinta, sexta e sábado, música ao vivo (sertanejo e forró)
* Área para estacionamento
* CC: Master e Visa

Lazer e Área Social

* Carro de boi
* Passeios de charrete e cavalo
* Pesca
* Pomar

Meio Ambiente

* Lagos
* Áreas para descanso e leitura
* Áreas para camping
* Observação de pássaros

Como chegar

Mapa
clique para ampliar

Fazenda dos Macacos
BR 040, KM 638 - Conselheiro Lafaiete/MG
Tel: (31) 3728-2165/9961-8093

Distâncias

* Belo Horizonte - 96 km
* Rio de Janeiro - 339 km
* São Paulo - 596 km
* Brasília DF - 834 km

Fotos